Pular para as informações do produto
1 de 4

Com certificado de autenticidade e garantia

Carta manuscrita de Heitor Villa-Lobos (1928)

Carta manuscrita de Heitor Villa-Lobos (1928)

Preço normal R$ 0,00 BRL
Preço normal Preço promocional R$ 0,00 BRL
Promoção Tem novo guardião

> Esse item saiu do catálogo, veja aqui os documentos disponíveis <

Em 1928, em Paris, o compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos ajuda a um empresário a lançar os primeiros discos de 78-RPMs da fase elétrica no Brasil.

  • Carta manuscrita de Heitor Villa-Lobos para um amigo empresário. 
  • Em francês.
  • Uma página, papel azul.
  • 23.3 cm x 18.1 cm.
  • Paris, 20 de novembro de 1928.
  • Excelente estado.
  • Peça única.

Texto original em francês, traduzido para o português

Tenho o prazer de apresentar o Sr. Porfiro Martins, proprietário-gerente de uma grande casa de instrumentos musicais no Rio de Janeiro. Ele deseja lançar em todo o Brasil, os registros da empresa francesa Gramophone.

O Sr. Porfiro poderá explicar certos fatos e argumentos que certamente lhe interessarão.

Peço-lhe para recebê-lo e dizer-lhe, como se fosse para mim, o caminho que ele deve seguir para ter sucesso em seu projeto.

Obrigado antecipadamente por tudo o que você pode fazer pelo Sr. Porfiro Martins.

Villa-Lobos

Porfirio Martins é tido como um dos fabricantes de instrumentos musicais mais antigos do Brasil e a Compagnie française du gramophone foi fundada em 1899 (filial da Gramofone inglesa).

Já Heitor Villa-Lobos (1887-1959) é considerado, tanto pelos amadores como pelos especialistas, como o maior maestro e compositor brasileiro. Em 1915, Villa-Lobos começou trabalhar como instrumentista e, com 19 anos de idade, fez suas primeiras composições. Viajou muito pelo mundo, especialmente na França e nos Estados Unidos, dirigindo suas próprias composições e ganhando a admiração do público, inclusive de Debussy e Stravinski. No Brasil, fez pesquisas detalhadas sobre o folclore brasileiro, o qual lhe serviu de inspiração para grande parte de suas composições.

Essa carta, em excelente estado e com uma grande assinatura do compositor brasileiro, nos ensina que Villa-Lobos estava antenado com as novas tendências do mercado musical da época.

Ver informações completas