Pular para as informações do produto
1 de 3

Com certificado de autenticidade e garantia

Carta assinada por Oscar Niemeyer (1960)

Carta assinada por Oscar Niemeyer (1960)

Preço normal R$ 0,00 BRL
Preço normal Preço promocional R$ 0,00 BRL
Promoção Tem novo guardião

> Esse item saiu do catálogo, veja aqui os documentos disponíveis <

Oscar Niemeyer, o gênio da arquitetura, agradece um apoio de Israel, pais onde seus projetos geraram muita controvérsia.

  • Carta de agradecimento de Oscar Niemeyer pelos elogios de Josef Weil, um israelense não identificado.
  • Uma página.
  • Em inglês.
  • Brasília, 29 de junho de 1960.
  • Excelente estado.
  • Peça única.

Durante a ditadura, Oscar Niemeyer ficou seis meses em Israel, onde seus projetos geraram controvérsia e debate, particularmente sobre a construção de arranha-céus : para Niemeyer a solução certa para um país onde a terra era tão escassa e cara. "Busquei a trabalhar apenas por lealdade aos meus próprios ideais pessoais e produzir obras únicas e variadas que me agradam e justificar a minha estadia em Israel", disse ele.

Por um lado, ele admirou o espírito socialista, o otimismo e o planejamento do novo pais ; por outro lado, ele reclamou do conservadorismo e preconceitos, especialmente em termo de arquitetura. Em suas memórias, Niemeyer escreveu que Israel é "uma terra maravilhosa cheia de contradições e de beleza", gostou muito dos desertos e da cidade de Tel Aviv.

Cartas de Oscar Niemeyer aparecem quase nunca no mercado, já que a família e os destinatários as guardam preciosamente. Este exemplar é muito interessante por ter sido escrito durante a construção de Brasília, a obra-prima do arquiteto. O seu admirador é israelense, de Tel Aviv, um período e uma cidade importantes para o mestre. Enfim, temos uma linda assinatura do Niemeyer, cujas curvas nos lembram sua obra.

Ver informações completas

Formulário de contato