Pular para as informações do produto
1 de 4

Com certificado de autenticidade e garantia

Carta assinada por Pelé (1969)

Carta assinada por Pelé (1969)

Preço normal R$ 5.000,00 BRL
Preço normal Preço promocional R$ 5.000,00 BRL
Promoção Tem novo guardião

Em 1969, em plena ditadura, o Rei Pelé escreve para o Presidente Médici. 

  • Carta de Pelé para o Presidente Emílio Garrastazu Médici, com o envelope (nela está escrito : "pedido de Pelé" provavelmente de um assistente de Medici).
  • Uma página + Envelope.
  • Em português.
  • 16 cm x 22.3 cm (carta).
  • 23 de novembro de 1969, Santos.
  • Excelente estado.
  • Peça única.

O Brasil viveu uma ditadura militar de 1964 a 1985, um período marcado por repressão política, violações de direitos humanos e significativa censura.

Nesse período sombrio, Pelé, considerado um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos, estava no auge da glória. Em 1969, o Brasil conquistou sua terceira Copa do Mundo de Futebol. Pelé, estrela do time e artilheiro da final, viu a vitória celebrada como um triunfo nacional, fortalecendo, de certa forma, a legitimidade do regime militar que precisava de uma conquista mundial para consolidar a imagem de um país bem-sucedido.

Neste contexto, essa carta aborda a relação controversa de Pelé com a ditadura militar no Brasil. Sua postura gerou debates e interpretações divergentes sobre seu papel durante aquele período conturbado da História do Brasil. Alguns o veem como cúmplice do regime, enquanto outros o veem como um apolítico cuidadoso, que simplesmente tentou focar no futebol.

Como sempre, a verdade está provavelmente a meio caminho. Mas vale lembrar que quando deixou a seleção brasileira, em 1971, Pelé confrontou diversos políticos do regime militar do país, enfrentou ainda poderosos dirigentes esportivos, como João Havelange, e teve de lidar com o racismo por parte da opinião pública que perdura até hoje, mesmo depois do seu falecimento.

Cartas de Pelé são raríssimas, esta é excepcional pelo destinatário e pelo contexto político e esportivo. Também são interessantes a assinatura atípica de Pelé, o envelope e o pequeno texto nele que poderia ter sido... "pedido do Rei para o Presidente".


Ver informações completas

Formulário de contato