Carta manuscrita de Victor Vasarely (1961)
Carta manuscrita de Victor Vasarely (1961)
Carta manuscrita de Victor Vasarely (1961)
  • Carregar imagem no visualizador da galeria, Carta manuscrita de Victor Vasarely (1961)
  • Carregar imagem no visualizador da galeria, Carta manuscrita de Victor Vasarely (1961)
  • Carregar imagem no visualizador da galeria, Carta manuscrita de Victor Vasarely (1961)

Carta manuscrita de Victor Vasarely (1961)

Preço normal
R$ 3.500,00
Preço promocional
R$ 3.500,00
Preço normal
Esgotado
Preço unitário
por 

Em 1961, o artista contemporâneo Victor Vasarely se interessa em música.

Carta manuscrita e seu envelope de Victor Vasarely para a Senhora Patricia Kugel. Uma página. 21 cm x 27 cm. Em francês. Paris, 1961. Excelente estado. Peça única.

Transcrição em francês

Ma chère Patricia,

Je suis honteux, mais encore une fois cette musique m´a mis hors de moi… palpitations, sueurs froides, désespoir ! Il va falloir analyser cela. Mais comment envisager alors une participation dans votre ballet ? Vous ne pouvez tout de même pas faire danser votre “femme élite en soie grise” sur l´air de Lulli ou Geminiani. Aujourd´hui je m´en vais dans la verdure, je vous embrasse et excusez moi. Vasarely

Tradução em português

Minha querida Patrícia,

Estou envergonhado, mas mais uma vez essa música me enlouqueceu… palpitações, suores frios, desespero! Isso precisará ser analisado. Mas como imaginar então uma participação no seu balé? Você ainda não pode fazer sua "mulher de elite em seda cinza" dançar ao som de Lulli ou Geminiani. Hoje vou para o campo, beijo-te e me desculpe. Vasarely

Victor Vasarely (1906 - 1997) é um artista visual único na história da arte do século XX. Uma verdadeira estrela dos anos 60 e 70, ele se destaca na arte contemporânea ao criar uma nova tendência: a arte óptica. Encontramos sua marca na moda ; na música, David Bowie usa uma de suas pinturas para a capa de "Space Oddity" ; no automóvel, ele renova o logotipo da Renault ; entre outros.

Por que esse documento é raro ?

É a Fundação Vasarely em Aix-en Provence, no sul da França, que mantém viva a herança artística do mestre da óptica há quarenta anos e mantém o mito. O edifício, projetado pelo próprio Victor Vasarely, foi classificado como monumento histórico em 2016. Recebe visitantes que desejam conhecer mais sobre a inesquecível e vanguardista obra de um artista mundialmente famoso cujos autógrafos raramente aparecem no mercado. Esta carta é a primeira disponível em pelo menos 10 anos.