Pular para as informações do produto
1 de 3

Com certificado de autenticidade e garantia

Cartão de visita e texto da Princesa Isabel, Condessa d´Eu (anos 1900)

Cartão de visita e texto da Princesa Isabel, Condessa d´Eu (anos 1900)

Preço normal R$ 3.500,00 BRL
Preço normal Preço promocional R$ 3.500,00 BRL
Promoção Tem novo guardião

Exilada na França, a Princesa Isabel organiza concertos com jovens músicos.

  • Cartão de visita da Princesa Isabel, com um texto en francês escrito por ela.
  • França, sem informação sobre a data.
  • 10 cm x 6 cm.
  • Excelente estado.
  • Peça única.

Ficaria muito agradecida se guardassem os bilhetes anexos para o concerto que estou a organizar a favor do meu querido Projeto de Jovens Músicos. Se você não puder ficar com eles, peço que os envie para mim o mais rápido possível. Caso você faça a gentileza de levá-los sem poder ir ao concerto, faça a gentileza de entregá-los para que meus jovens protegidos possam ver uma sala cheia.

Conversando com um dos colecionadores fiéis da coleção, apaixonado por música, o Mário - que aproveito para agradecer novamente aqui - aprendi que a Princesa Isabel e o Conde d’Eu têm uma longa história com a música, desde o Segundo Reinado. Sempre promoveram recepções e bailes com músicos, no Palácio das Laranjeiras. Também celebridades, como o americano Louis Moreau Gottschalk, o alemão Richard Wagner e o brasileiro Carlos Gomes, tiveram a oportunidade de conhecer a família imperial no Brasil ou na Europa. Essa prática e esse gosto do casal continuaram, embora de forma diferente e reduzida, na França durante o exílio.  

Detalhe interessante que me foi contado também, a Princesa tocava piano, como destaca a Condessa de Paris no seu livro de memórias: 

“Mas de todos os personagens insólitos que visitavam minha avó, o que mais me agradava era M. White. Esse negro de cabelos espessos e brancos, penteado como o general Dourakine, com grossos tufos acima das orelhas, era violinista e acompanhava a condessa d’Eu (a princesa Isabel) ao piano, ou melhor, era a condessa d’Eu que acompanhava M. White ao piano… Acho que era realmente uma virtuose. Vinha, em todo caso, várias vezes ao mês, e durante horas ouvia-se a música vinda do salão onde ninguém tinha o direito de entrar. Somente as crianças, de vez em quando, possuíam permissão de penetrar nesse santuário”.

Encontrei essa peça na França. À primeira vista, gostei deste cartão de visita de Isabel - o primeiro que vi, é muito raro - e do extenso e delicado texto em francês escrito pela Princesa, para um destinatário não identificado. O conteúdo também é singular e excepcional - a música - porque nos permite conhecer outro aspecto da personalidade e dos gostos desta Princesa, muito culta e capaz. É importante também ressaltar o excelente estado desta peça, impecável. Enfim, uma peça que eu considero muito especial.

Ver informações completas

Formulário de contato