Pular para as informações do produto
1 de 17

Com certificado de autenticidade e garantia

Conjunto de fotografias inéditas de Pelé (1977)

Conjunto de fotografias inéditas de Pelé (1977)

Preço normal R$ 2.500,00 BRL
Preço normal Preço promocional R$ 2.500,00 BRL
Promoção Tem novo guardião

Em 1977, em Nova York, a lenda se despede: o último jogo da carreira de Pelé.

  • Conjunto de quinze fotografias inéditas, em grande formato, do último jogo de Pelé no Cosmos, pelo jornalista francês Pierre Domenech do diário La Provence.
  • 1º de outubro de 1977, Nova York.
  • 29.5 cm x 21 cm.
  • Preto e branco.
  • Excelente estado.

Pelé é considerado único por sua técnica excepcional, sua visão de jogo, e seu impacto no desenvolvimento do futebol como esporte global. Ele ganhou três Campeonatos Mundiais com o Brasil, em 1958, 1962 e 1970. E marcou mais de 1.000 gols durante a sua carreira profissional. Pelé também é conhecido por sua humildade e generosidade fora de campo, tornando-o um modelo para os fãs de futebol em todo o mundo.

Um jogador tão talentoso merecia uma partida digna de suas façanhas, 20 anos depois de seu primeiro campeonato mundial com o Brasil, conquistado aos 17 anos. Em 1º de outubro de 1977, mais de 77 mil pessoas compareceram à despedida de Pelé, no Giants Stadium, durante um amistoso entre os dois únicos clubes de sua carreira, o Cosmos e o Santos.

Impossibilitado de escolher entre uma das duas formações, defendeu as cores norte-americanas no primeiro tempo, antes de vestir a camisa santista após o intervalo. Como um mito nunca morre, Pelé se destacou nesta partida, empatando em 1 a 1 para o Nova York, com uma cobrança de falta poderosa. No entanto, ele não conseguiu fazer gol no segundo tempo, quando os jogadores da Big Apple venceram por 2 a 1. Mas quem se importa? A vitória de Nova York permanece ainda mais anedótica do que a volta de honra do campeão na chuva. Essa volta foi seguida de uma vibrante homenagem do Cosmos anunciando, na mais pura tradição americana, que o número 10 foi aposentado, e nenhum jogador o usará mais no clube. Outra homenagem, ainda mais vibrante, também foi prestada ao final do jogo: a de Mohamed Ali, um amigo próximo, a quem o rei se juntou no céu.

Estas fotos inéditas, vêm de um jornalista que trabalhava para um grande jornal em Marselha, a segunda maior cidade francesa. Ele viajou a Nova York, para esta partida lendária, e tirou esta série de fotos. Não possuo nenhum negativo e acredito que tenham sido perdidos ou destruídos. As fotos são originais e segundo minha pesquisa, são únicas e nunca foram publicadas. O fato de serem grandes e estarem em perfeito estado, permitem que vejamos muitos detalhes, além de assumir a dimensão que Pelé teve ali: o palco para o seu discurso, um torcedor correndo em sua direção, seu rosto e a palavra “amor” ou “Pelé The Man” dirigido a ele em uma tela gigante, várias ações do jogo, a horda de jornalistas, os shows pré e pós-jogo, os arredores do estádio, sua volta de honra, Mohamed Ali, etc. Em suma, um testemunho comovente e imperdível para os fãs do futebol que sentem falta do Rei.

 

Ver informações completas

Formulário de contato