Menu
Carrinho 0

Fotografia panorâmica da entrada da baía de Guanabara, pelo fotógrafo Marc Ferrez (1885)

Até 3x sem juros, frete grátis, com certificado de autenticidade

  • R$ 2.500,00


Marc Ferrez tira uma das primeiras fotografias da baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.

Fotografia panorâmica da entrada da baía de Guanabara, Rio de Janeiro, autoria do fotógrafo Marc Ferrez. 33.2 cm x 11.5 cm. Por volta de 1885, Rio de Janeiro. Excelente estado. Peça única.

Em agosto de 1839, os franceses Louis-Jacques-Mandé Daguerre e Joseph-Nicéphore Niépce anunciaram ao mundo a invenção da daguerreotipia. Apenas alguns meses mais tarde, compatriotas de Daguerre e Niépce levariam essa nova tecnologia ao Brasil – conhecida agora como fotografia – e retratariam as primeiras imagens do Rio de janeiro.

A beleza espetacular do Rio de Janeiro, sua magnífica baía, suas montanhas e sua vegetação jamais cessariam de nutrir a inspiração de um francês em especial: Marc Ferrez (1843 - 1923), um dos pioneiros da fotografia em solo brasileiro.

A partir de meados dos anos 1870, ele se tornaria o único especialista em paisagens, enquanto seus colegas de profissão voltavam a atenção somente para os retratos, muito mais lucrativos na época. Ele usava uma câmera Brandon, que lhe permitia fotografar em 180 graus, em chapas de vidro de grande formato. 

Por que esse documento é raro?

As primeiras imagens do Rio de Janeiro, com poucos prédios de estilo colonial e casinhas de pescadores, onde hoje estão as praias urbanizadas, encantam os admiradores da cidade. Essa tiragem original, em perfeito estado e descoberta recentemente no Brasil, é um grande clássico da vista panorâmica da capital fluminense. Como Marc Ferrez  foi um dos pioneiros da daguerreotipia no país, suas fotografias são sempre cobiçadas pelos maiores colecionadores.


Documentos relacionados


Receba as novidades + Aprenda sobre o mundo fascinante dos documentos raros.